Montemuro Montemuro

Montemuro

Partilhar no Facebook Partilhar no Twitter Partilhar no Google +

A Serra de Montemuro integra a 1.ª fase da lista nacional de sítios da rede natura 2000, classificada como Biótopo Corine, com o código PTCON0025.

O sítio é dominado pelo maciço Montanhoso, cuja plataforma se desenvolve entre os 1200 e 1300m, atingindo um máximo de 1381m. Demonstra áreas em muito bom estado de conservação, e que mantêm uma grande diversidade biológica, especialmente no que respeita aos habitats.

Este território carateriza-se ainda por um uso predominantemente florestal, com uma representação muito significativa de matos. Possui duas interessantes áreas de turfeira (7140), e podem observar-se importantes manchas de carvalhal (9230) bem conservadas.

Em conjunto com as serras da Freita e Arada, este sítio constitui a área mais importante para a conservação da subpopulação de lobo (canis lupus) que ocorre a sul do Douro, cuja situação é deveras precária, sobretudo pelo isolamento e fragmentação. É ainda relevante para espécies da herpetofauna, nomeadamente o lagarto-de-água (lacerta schreiberi) e salamandra lusitana (chioglossa lusitanica), ambos de origem ibérica. E fornece os mais importantes habitats para a toupeira-de-água (galemys pyrenaicus).

As orientações de gestão incidem, essencialmente, sobre a conservação dos carvalhais e manchas florestais naturais, bem como para os habitats turfícolas. Considera-se ainda, estritamente fundamental, preservar as linhas de água e vegetação ribeirinha - fundamentais para espécies da herpetofauna.

Sítio: Serra de Montemuro / Código: PTCON0025 / Área: 38.763 há.

Classificação: Resolução do Conselho de Ministros n.º 142/97 de 28 de agosto